Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito, perdeu o efeito;quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários...

EstherRogessi Estruturando Vida Através das Letras

"Há sempre uma razão de ser em cada amanhecer".

Meu Diário
09/10/2008 01h19
O PODER DO PERDÃO

 

 

( Mt 6:14 )  Porque, se perdoardes aos homens as  suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;  se porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também o vosso Pai não vos perdoará as vossas ofensas.

Quantos de nós guardamos mágoas, rancores e até ódio no coração. Prosseguimos orando o Pai Nosso, sem prestarmos a devida atenção, em um ponto de total relevância que, o Senhor, nosso Deus, nos adverte nesta oração, a única que Ele nos ensinou.

Humanamente falando, somos  falhos e estamos em busca do aperfeiçoamento em Cristo. A Bíblia diz: “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, a medida da estatura completa de Cristo” ( Ef 4:13)

Para que possamos chegar a essa estatura, temos que exercer e praticar o perdão, sem o qual, segundo as Sagradas Escrituras, não poderemos obtê-lo de Deus,  sobre as nossas falhas, pois, o que não perdoa, não pode ser perdoado.

As mágoas ressecam os ossos e é impedimento das bênçãos de Deus, sobre as nossas vidas, mesmo as nossas orações, não chegarão a Deus, se o nosso coração estiver magoado.

Procuremos seguir a Cristo.Lembremos-nos do Seu caráter perdoador.Quando na cruz, prestes a morrer, disse: “Pai, perdoa-os, pois, não sabem o que fazem.”

Que possamos ter o Espírito perdoador do Senhor nosso Deus!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Publicado por EstherRogessi em 09/10/2008 às 01h19
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"O ARTISTA CRIA NÃO SI APROPRIA" RESPEITE O DIREITO AUTORAL LEI 9.610/98